26 01
Beleza

Resenha | Batons líquidos Bruna Tavares

Por Diana Monteiro

Pra minha felicidade (e acredito que também pra a maioria que adora os produtos dela), a Bruna Tavares lançou no ano passado sua nova linha de maquiagem, que leva o seu nome. Só consegui comprar recentemente as duas cores que fizeram meu coração bater mais rápido e assim que chegaram, tratei de testar e tirar foto pra mostrar aqui do blog.

As embalagens são a cara da Bruna e da identidade visual que o blog Pausa para Feminices tem, mas consigo ver diferença entre a marca PPF para Tracta e a marca Bruna Tavares em termos de design, pois a qualidade é a mesma, ainda bem.

Escolhi duas cores: Luisa e Victoria. Amo batons vermelhos e vinhos, mas amo mais as cores nudes, marrons, cinzas e rosadas que a Bru cria. Até dupes ela consegue fazer sem querer, dá até pra falar que a Kylie ‘copia’ alguns tons… kkkkk
Brincadeiras à parte, vamos ao que interessa: como eles ficam nos lábios?

Preferi fotografar com luz natural porque a maioria das fotos que vejo de swatches são feitas com luz direta, softbox e afins, criando outras cores pro produto. O que me deixa muito incomodada, pois já cansei de comprar um batom achando que era uma cor e quando chegou, pá, era outra.

Estava atrás de um tom assim há séculos! Estou numa fase 90s fortíssima e os batons marrons entraram na minha vida há quase 2 anos de forma avassaladora. Mas ao longo do tempo comecei a ficar um pouco incomodada com os batons marrons que eu tinha e via vendendo, pois comecei a achar eles fortes pra usar de manhã (isso ao meu ver, tá gente? Cada um usa a cor que bem entender). Foi aí que minha busca por um marrom claro, mas que tivesse um fundo quente, começou.

E hoje, com um sorrisão de orelha a orelha, posso falar: essa busca acabou! Consegui a minha tão desejada cor! Pra mim o batom Luísa (em homenagem a blogueira Chata de Galocha) é neutro, um marrom claro, mas com aquele fundo rosa que estava atrás, tornando a cor quente, o que acho primordial em alguns dias pra dar aquela levantada no astral o no look, ainda mais quando estamos cansadas e com cara de insônia. Apliquei apenas uma vez e, depois que tirei as fotos, apliquei mais uma pra testar. Também ficou lindo, porém mais uniforme.

E o segundo que escolhi foi o batom Victoria (feito em homenagem a Vic Ceridono). Como uma boa amante de batons rosas, ainda mais quando não são tão abertos, como o caso desse rosa chá (pra mim entra nessa categoria), foi impossível resistir.

Um rosa fechado e ares vintage, porém com um tom meio pêssego. Uma elegância natural, que pra mim se encaixa nos mais diversos momentos dos meus dias. Na foto também estava com apenas uma aplicação. Testei com duas e ficou tão lindo quanto, mas aconselho a ter cuidado, pra não ficar com muito produto nos lábios e criar aquele efeito exagerado, sabe? Que fica “engessado”. Quanto mais finas camadas, melhor. Ainda tenho uma leve dificuldade de aplicar de forma uniforme, sem deixar manchado, mas é aquilo: praticar, praticar e praticar!

Ps: pra quem é louca pelos batons da Kylie, aviso que ambos acima podem ser considerados dupes!
Se testado lado a lado, vemos que o Luísa é de leve mais escuro que o Dolce K, mas nos lábios eles ficam praticamente iguais.
O Victoria é mais rosado que o Candy K, mas são muuuuito parecidos!

Onde comprar os batons da Bruna? Clique aqui!



Deixe seu comentário


Nenhum comentário

@maisondadi no instagram