10 12
D.I.Y / Natal

D.I.Y: Studio Diy Clutches Christmas tree

Por Diana Monteiro

Antes de começar mostrando como fiz essa maravilhosidade em forma de árvore de natal, preciso falar sobre o Studio Diy.

O blog, que hoje possui uma loja com produtos próprios, me tirou da depressão, aaaanos atrás e me ajudou, incentivando minha criatividade e também a não desistir do meu desejo de trabalhar com produção e fotografia criativa. Alguns anos depois, cá estou e, embora não tenha 100% do meu tempo profissional destinado inteiramente a isso, falo sorrindo que ele ocupa mais de 60%. E não poderia estar mais feliz com isso. Assim como eu, o Studio Diy seguiu, e no caso deles, resultando em uma assinatura de clutches, onde mensalmente uma é lançada de surpresa. Pra uma apaixonada por temas, cores e universos lúdicos como eu, posso admitir que é o meu gasto favorito da vida. O mais legal é que a Kelly, a responsável pela empresa/blog/criação dos produtos mostra todos os bastidores e percebemos o quanto ela se doa ao criar os designers de todas as clutches, além das ideias incríveis que ela posta no blog. Dito isto vamos ao que me levou a criar essa árvore.

Na semana passada recebi uma newsletter deles e quando percebi, estava aos prantos. Era uma newsletter diferente e muito especial, onde a Kelly agradecia genuinamente a todos os que a acompanhavam, mesmo no caos que estamos vivendo com as tragédias que estão acontecendo no mundo e o quanto nós, leitores, consumidores e seguidores a inspirava. Só pensava lendo “ah, se ela soubesse como ela me ajudou, tanto profissionalmente, como criativamente e pessoalmente”…. e foi isso que resolvi fazer: uma árvore de natal repleta de mini clutches (minhas favoritas) como um agradecimento.

Ps: ela e o Jeff (marido e fotógrafo) possuem uma história de vida inspiradora e, coincidentemente ou não, temos algumas familiaridades. Gosto de seguir e ser fã de pessoas reais, que mostram, sem filtro (porém com muuuitas cores), suas vidas de forma transparente, além de dividirem conteúdo de qualidade que realmente fazem diferença.

Mas vamos ao que interessa! Você vai precisar de:
– uma árvore de natal rosa candy
– isopor e cartolina
– estilete, pincel, lixa
– tinta para artesanato
– fio metalizado
– cola de silicone
E criatividade! rs

Antes de tudo fiz em cartolina 3 moldes, dos 3 tamanhos de mini clutches que queria fazer. Claro, baseadas nas clutches reais. Depois passei pra placa de isopor pra fazer as marcações.

Com um estilete de corte preciso, fui cortando os quadrados, retangulos e coração, mas de forma tranquila e bem devagar. Acontece que se você simplesmente cortar direto, forçando pra baixo, vai ‘rasgar’ o isopor em vez de cortar. E fazendo movimentos lentos, o resultado será bem mais satisfatório. Mesmo assim, é comum ficar rebarbas, que você resolve rapidamente!

Depois de cortar tudo, hora de lixar!  Pra não ficar com as extremidades retas, lixei tudo, deixando-as arredondadas, até pra ajudar a criar o detalhe do acabamento das clutches.

Hora de pintar! E as tintas que uso são pra praticamente tudo, as de artesanato. To acostumada com a Acrilex, pois além de não serem tóxicas, não possuem cheiro forte e secam rápido. E ah, uso sempre as foscas. Pintei tudo e finquei numa placa de isopor com palito pra secar. Esperei 45 min.

Depois de seco, a melhor hora! Não sei vocês, mas pra mim é terapia pura. Coloquei música de natal e passei a noite de sexta-feira pintando os detalhes.

Além de pintar, também tive ajuda de cartolinas, pra fazer alguns desenhos que tinha certeza que não ia conseguir no pincel. Usei cortador de papel redondo e pra fazer o detalhe da boia, por exemplo, usei aquele aro de papel de fichário.

Pra dar a sensação que os enfeites são clutches, peguei tinta metálica dourada (também a da acrilex de artesanato) e fiz uma faixa em cima de todas, criando a ideia de ser um as ferragens. Pra parecer um zíper, peguei um cortador de massa de biscuit e forcei no centro da faixa dourado (depois de secar). Pronto! Uma ideia simples, que dei o resultado que queria.

Pra não usar ganchinho ou barbante, achei legal usar o mesmo material que usaria pra colocar os chaveiros/pingentes das clutches. Sim, gente, pra quem não sabe, as clutches do Studio Diy são lançadas com seus respectivos pingentes temáticos, e são liindos! Todos em fiz com cartolina. Por isso escolhi o fio dourado, assim combinaria com a parte do ‘zíper’ de cima das clutches e daria a sensação de corrente do chaveiro. Pra pendurar os enfeites, eu apenas finquei no isopor, fazendo um U (ele só sai se vc puxar com mais força) e pros pingentes, fiz uma torção. Depois finquei no cantinho.

Agora, o resultado de alguns com seu merecido destaque:

Minha favorita da vida, a pool clutch! Ela foi o modelo de maio desse ano, dá uma olhadinha pra ver ela na forma original aqui.

Eu to literalmente contando os dias pra poder ver essa pessoalmente! Ela é a clutch de novembro e como mando entregar na casa de amigos que moram fora (pois sabemos mto bem como a bosta dos nossos correios funcionam), só terei ela no natal.  Como não surtar, é um presente!!! Pra ver ela de verdade, clica aqui.

Arco íris e smile. Melhor combinação, impossível, né? Puro anos 90 e com a maior representividade ever!

A bubble, que não tenho, pois ainda não tinha a assinatura (eles já estão no segundo ano), mas que não poderia deixar de fora por questão de ser muito maravilhosa! Eu sou apaixonada por tudo que remete a banho e hoteis, olha só como ela é incrível, aqui.

Sei que sou suspeita, mas amei o resultado! Pra finalizar, coloquei um festão prateado brilhante, acho que combina com o rosa e quis dar um ar retrô.

: *



Deixe seu comentário


Nenhum comentário

@maisondadi no instagram