27 10
Headline

Consultoria de Estilo – Como funciona?

Por Diana Monteiro

Meu consultor de moda favorito no mundo todo? Tim Gunn! Ele não faz apenas parte do reality show Project Runway. Além de ter seu próprio programa, Guru de Estilo, ele também é o diretor criativo da grife Liz Clarboine, é muito culto, com uma enorme criatividade, prático, quase como um matemático e com um gosto impecável, foi o grande responsável pela minha árdua dedicação por estilo, foi uma tremenda inspiração para eu me arriscar e ir atrás do que adoro fazer: trabalhar como personal stylist. Com ele aprendi a reorganizar um guarda-roupa e entender quais são as peças fundamentais e super necessárias. Ainda estou no início, mas muito feliz com elogios e positivos feedbacks de clientes satisfeitas e empolgadas com seu “novo” armário, seu novo “eu”. Compreender o estilo, gostos e necessidades de uma pessoa e a partir daí pesquisar peças que combinam com sua personalidade, definitivamente não é um trabalho nada fácil. Embora delicioso, requer muita pesquisa e paciência.

Sempre respondo dúvidas sobre o que um consultor de imagem realmente faz e sempre sorrio quando vejo surpresas expressões, já que para muitos, consultoria não é considerada uma profissão. Resolvi fazer esse post para explicar como funciona, o que é necessário saber e estudar e onde praticar.

Desde o início do ano comecei a atender amigas e conhecidas, que desejavam conselhos e dicas de como se vestir, como combinar peças de roupas com acessórios, como misturar cores e texturas, etc. Daí percebi que elas ficavam contentes com os resultados e que poderia me aprimorar e começar a trabalhar com isso. E não é que deu certo? Fulana  me indicou para Jéssica, que me indicou para Sicrana e por aí vai. Para quem deseja ser um personal stylist, indico fazer um curso profissionalizante de imagem e estilo, é primordial, assim terá noções de moda, história, lógica (sim, é importante), formas de corpos além de conhecer todos os tipos clássicos de roupa, tecidos, nomenclatura, cortes e modelagens.

Como trabalho? Acredito que a imagem pessoal tenha que  inspirar confiança,  assim transparecerá sucesso e segurança, na vida social, pessoal e profissional. Só vejo que meu trabalho está pronto quando minha cliente está confortável consigo. A primeira coisa que faço é um “entrevista”, onde descubro tudo o que preciso para a pesquisa. Gostos, cores, ícones de estilo favoritos, inseguranças, história de vida, rotina e necessidades. A partir daí, minuciosamente olho o guarda-roupa, onde separo em distintas pilhas, peças “usáveis” e “não-usáveis. Depois deixo a cliente escolher as peças que mais gosta e juntas fazemos escolhas, algumas sacrificantes, mas necessárias. Dica infalível: caso você tenha uma peça ultrapassada, não jogue fora ou doe por impulso, tente estudar uma solução, como uma customização (sempre faço isso com clientes). Depois de separar o que podemos aproveitar, vamos a lista, onde inicialmente coloco 10 peças indispensáveis que toda mulher deva ter em seu guarda-roupa (valores não importam).
São elas:
• 1 trench coat/sobretudo ou casaco para chuva e frio
• 1 camisa branca
• 1 calça social
• 1 vestido preto básico
• 1 blazer ou jaqueta
• 1 saia
• 1 suéter de cashmere
• 1 jeans
• 1 moletom, ou casaco leve de tricô
• 1 vestido leve, para o dia

Nos futuros post continuarei e explicarei um a um, com dicas e sugestões de como usar… aguardem mais Consultoria de Estilo



Deixe seu comentário


2 comentários

@maisondadi no instagram