23 08
Arte / Cultura / Viagem

Inhotim: Magic Square

Por Diana Monteiro

Como falei nesse post aqui, em julho fui passar uns dias em Minas Gerais. E achei legal voltar a Inhotim, para rever as instalações com outros olhares, além de conhecer a parte que não consegui na última vez, lá em 2011. A verdade é que conhecer Inhotim em um dia é uma tarefa impossível. O ideal é ir dois dias para curtir tudo com calma. Mas como já tínhamos ido antes, resolvemos fazer em um mesmo.

Magic Square - oiticica - maisondadi - inhotim

Como estávamos em Belo Horizonte, fomos na loja do Inhotim da cidade, que fica no bairro Funcionários, e compramos passagem para o dia seguinte de van. O Instituto Inhotim fica em Brumadinho, cerca de 60km de BH. E, para a nossa surpresa, quando chegamos no ponto de encontro, vimos que não era uma van que ia nos levar e sim um micro ônibus. Muito mais conforto!

inhotim brumadinho - maisondadi

Chegamos 30 minutos depois de aberto e tratamos de entrar na fila para para compramos os ingressos. Não sei vocês, mas acho de extrema importância comprar o carrinho também. Dessa forma você consegue transitar com mais rapidez entre as instalações, principalmente as que ficam em colinas ou exigem estradinhas de terra mais íngrimes. Cansa muito, mas vale muito a pena. E o carrinho ajuda na motivação.

cores inhotim - maisondadi

inhotim oiticica - maisondadi

Como eu e Rica nos empolgamos e tiramos milhões de fotos, achei legal dividir as obras (pelo menos as minhas favoritas) em posts, e hoje falarei exclusivamente da Magic Square, instalação do Hélio Oiticica, de 1977. Ela faz parte de um grupo de seis trabalhos que se articulam em torno da praça e do quadrado, já que em inglês a palavra “square” tem os dois significados. São propostas de edificações ao ar livre, que o Oiticica não chegou a executar em vida, mas foram seguidas à risca, e feitas a partir das instruções minuciosamente anotadas por ele em textos, plantas, desenhos técnicos, diagramas, maquetes e amostras.

cores - magic square - maisondadi

magic square oiticica - maisondadi

Com base no quadrado, a instalação cria grandes áreas de permanência, em um universo de convívio com a forma, cores e materiais. Mesmo que construída postumamente, a instalação constitui uma maneira coerente de fazer jus ao legado de Oiticica, mantendo viva sua proposta entre arte e vida.

museu arte ao ar livre inhotim - maisondadi

magic square oiticica inhotim - maisondadi

Agora vamos para a minha visão. Afinal, a arte é subjetiva e, por mais que tenha referências e intuitos, cada um interpreta à sua maneira. Assim como a música, as cores me transmitem sentimentos. E, ao estar diante das grandes paredes e formas, me senti de diversas maneiras.

inhotim 360 graus - magic square - maisondadi

Tanto as cores quentes quanto as frias, por mais vivacidade que tenham, me fazem ficar feliz, agitada, triste, pensativa e nostálgica. E o que mais achei curioso é que percebi isso quando revi as fotos que pedi pro Rica tirar de mim, em frente a todas as paredes. Cada cor, um sentimento.

instalação magic square

Sendo assim, posso falar que o Magic Square é a minha mente, que transita pelos meus mais moods. Lindo, confuso e instigante.

Fotos: Eu e Rica
Exceto a primeira, que peguei do site oficial do Inhotim.

Serviço:
R. B, 20 – Centro, Brumadinho – MG
(31) 3571-9700
http://www.inhotim.org.br

21 08
Looks / Moda

Coala

Por Diana Monteiro

O look da hoje é com o meu pijama favorito. Por mais que tenha comprado no final do ano passado, desde que o frio resolveu dar pinta por aqui há uns meses atrás, estou usando. Sou uma apaixonada por pijamas. Adoro o processo de tomar banho, colocar o pijama, ir para o sofá ou cama, fazer um lanchinho, colocar os óculos e ver um filme ou uma série. Quando o Rica está comigo então, gosto mais ainda!

pijama inteiro forever 21 0 maisondadi

Mas antes de falar sobre o pijama em questão, gostaria de falar sobre algo que me incomodou e incomoda bastante. O que vocês acham de serem criticadas e cobradas quando mostram o novo pijama para alguém e ouve: “Nossa, mas isso é tão brochante”. “Seu namorado não vai curtir passar a noite com você usando isso”. “Que pijama infantil, cadê a renda e o babydoll?” e  “Isso não é nada excitante”.  Pois é, tive que respirar fundo, como faço quase que diariamente com tais comentários, carregados de machismos e padrões pré definidos. Por favor, coloquem esses esteriótipos no lixo! Por que tudo tem que ser levado para o lado sexual, para onde a mulher tem a necessidade e obrigação de se vestir de determinada forma para dar prazer ao homem? Uma relação é composta por inúmeros pontos, que vão além do ato sexual e essa necessidade de ter que se comportar de forma arcaica. E essa vontade de julgar o outro? Affe.

look do dia - maisondadi

look pijama coala plush - maisondadi

Pronto, agora que desabafei, vamos ao look! Além desse coala, também tenho um coelho rosa, que farão as (os) caretas e machistas de plantão fazerem cara feia. kkkkk Por mais que algumas pessoas achem essa modelagem desconfortável, eu adoro onises, que nada mais são do que essas roupas inteiras, com abertura para tirar e colocar. Como uma grande friorenta, acho perfeito para os dias gelados, pois não deixam nenhuma pele à mostra, me deixando sempre quentinha.

look de ficar em casa - maisondadi

onises cute - maisondadi

O material é tipo um plush, todo macio e confortável. Escolhi o coala dentre as mais diversas opções da Forever 21 porque adoro a cor cinza e porque até então não tinha algo de animal fofo. E claro, pela diversão! Ponto importante na minha vida: sempre usar peças que me deixem bem e feliz. E vamos combinar, a moda é como arte! Entreter é o principal objetivo.

look coala - maisondadi

Como resistir a essa barriga fofa? E esse capuz com orelhas, que protege ainda mais do frio nos dias mais congelantes na Serra? Preciso confessar: às vezes, no fds, quando estou trabalhando, fico com ele durante o dia, não tem look melhor! E o mais legal é que o Rica adora, e se diverte junto comigo.  : )

Um obrigada especial a Uni, que fez questão de fazer parte das fotos ao meu lado!

 

Fotos: Erika Pozzan
Produção: eu

Você também poderá gostar de:

08 08
Gastronomia / Viagem

Bistrô da Matilda

Por Diana Monteiro

Passei duas semanas com o Rica em Minas Gerais para alguns projetos, matar um pouquinho a saudade do meu pai e aproveitar pra tirar uns dias off. No final do mês de julho, dia 24, íamos na Festa Francesa, evento de BH que conta com shows, DJ, contador de histórias, comidas típicas, vinhos franceses, chopes e cervejarias artesanais convidadas. Mas como a festa estava muito cheia, com mil filas, o pessoal achou melhor irmos para outro lugar, e acabamos indo pra Nova Lima, pro Bistrô da Matilda.

bistro da matilda - belo horizonte - maisondadi

Não é nenhum segredo que um dos meus programas favoritos é sair pra comer! E esse não foi diferente, ainda mais porque os mineiros (pelo menos todos que conheço e adoro), possuem o costume de pegar estrada pra ir em restaurantes longes e fora da cidade (estávamos em Belo Horizonte).

bistro da matilda - minas gerais - maisondadi

Por que Matilda? Para minha surpresa, o bistrô tem esse nome em homenagem a uma especial e querida cachorra, a Matilda. Olha ela aí na foto acima que linda!

dicas viagem minas gerais - maisondadi

Por fora, vi que o lugar é bem simples e quando entrei, foi só sorrisos! Isso porque o restaurante tem a decoração que adoro, mixando elementos rústicos com elementos vintage, com um jardim no fundo.

jardim restaurante - maisondadi

Pena que não pegamos a mesa da parte externa. Mas a que sentamos ficava em frente às janelas altas e a cozinha – lugar estratégico. O lugar é tão charmoso que todas as mesas (feitas em madeira) tinham lavandinhas secas, criando um ponto de cor ao ambiente neutro.

flor lavanda - maisondadi

restaurante dica minas gerais - maisondadiNa foto: os Ricardos da minha vida e de costas, o Alexandre, membro da família e dono da marca de café Barbosa&Freire (falarei sobre em breve por aqui)

cactos na decoracao - maisondadi

parede tijolo retro - maisondadi

CONTINUE LENDO

06 08
Beleza / Nas telas

Harley Quinn

Por Diana Monteiro

Na última quarta-feira fui ao cinema ver Esquadrão Suicida… Não curti muito. A verdade é que detesto ver filmes 3D e essa era a única opção no dia da pré-estreia. Tenho muita dificuldade em conseguir deixar meus olhos confortáveis e, por não poder ver filmes sem óculos de grau, a complicação só aumenta, me deixando extremamente tonta e com dor de cabeça. Não sei se foi problema da minha sessão, mas achei o filme muito escuro e sem cor, totalmente diferente dos trailers e vídeos que vi pela internet afora. Nem o tom do cabelo verde do Coringa saltou na tela. Por mais que tenha adorado diversos aspectos do filme, achei o roteiro bem fraco (a edição tá bem ruinzinha). Tenho que rever para poder dar meu parecer real. O post de hoje é sobre a versão da Arlequina para o filme, bem diferente dos quadrinhos, como a maioria dos personagens do longa.

Não é novidade que os tutoriais das makeups da personagem se tornaram virais, mas como uma nerd feliz, não poderia ficar fora dessa! Sem falar que, como uma apaixonada por quadrinhos, quanto mais versões existirem por aí, melhor, mais propagação para esse universo teremos, não é mesmo?

harley quinn makeup - maisondadi

Por isso chamei a Renata Di Paula, irmã que a vida me deu e talentosa maquiadora, para criar o conceito da makeup. Com inspiração nas cores da versão cinematográfica, ela inseriu glitter! Como uma unicorn lover, seria impossível não amar! Além disso, a discreta boca em degradê fez um lindo efeito.

E, na falta de elementos vintage, investi em uma nail art bicolor, preta e vermelha, que são as cores do figurino da Arlequina clássica dos quadrinhos.

arlequina dc comics - maisondadi

Em vez do coração preto na bochecha, ela optou por deixar rosa e sem contorno. Imaginem a minha felicidade, pois me remeteu ao filme da Sofia Coppola, Maria Antonieta (vai entender minha viagem rs).

arlequina maquiagem - maisondadi

Em vez de pintar as madeixas (por mais que fosse com spray), achei legal trazer uma trend 90s, com brincos de pompom! Escolhi um rosa e um azul, obviamente, criando essa versão Arlequina fun.

harley quinn - suicide squad movie - maisondadi

O vantagem de você trabalhar com quem te conhece bem, além da alegria constante, é a ausência de ‘nãos’, pois qualquer ideia que ela tiver, será realizada! E o estilo dos cílios boneca que ela cortou e criou não é exceção! Eu adorei essa pegada circo nostálgico 20s.

harley quinn joker makeup movie - maisondadi

harley quiin movie - maisondadi

Para o look, até tinha pensando em ir na Riachuelo comprar a blusa que eles estão vendendo, que é igual a que ela usa no filme, mas achei que poderia cair na comodidade. E como adorei o look no Diablo no filme, achei legal mixar, apostando em uma jaqueta varsity, peça que adoro!

look arlequina - harley quinn movie - maisondadi

Para complementar as cores do look clássico da Arlequina, escolhi uma blusa vermelha para contrastar com meu cabelo escuro. No pescoço, uma coleira com spikes, a fim de linkar com os doentes jogos do Coringa. E, para seguir com a linha do glitter, um short de paetê prateado cinza, combinando com as mangas da jaqueta. De fundo, losangos, símbolo da personagem.

Fotos, conceito e produção: Diana (eu!)
Makeup e produção: Renata Di Paula

01 08
Cultura / Looks / Moda

Eleven

Por Diana Monteiro

Se você não mora em uma caverna com certeza já sabe qual é a grande inspiração do look de hoje. ‘Stranger Things’ foi lançada no dia 15 de julho no netflix, e é a série do momento. Pela primeira vez em muito tempo falo sobre uma tendência com um grande sorriso do rosto. É que, ao meu ver, a série é muuuito nostálgica, tratando-se de uma linda homenagem aos grandes clássicos cinematográficos da década de 1980.

Dustin eleven stranger things - serie netflix - maisondadi

Por mais que pessoas acima dos 30 anos (praticamente todas que conheço, entre amigos e conhecidos) tenham amado, é muito legal ver gerações novas se empolgando tanto quanto a gente ao ver essa série. Isso é muito bom, não só pelo fato de acabar com algumas regras ridículas de que temos que curtir o que vivemos, mas também pela importância de emanar um determinado tipo de cultura, que infelizmente é quase escassa nos dias de hoje. Mas como não gosto de spoilers, não vou me aprofundar na história da série nesse post. Aliás, tá esperando o que pra ver?  Acredito que, assim como eu, poderá agradecer o universo em breve pelos Duffer Brothers existirem. Os gêmeos de apenas 32 anos assinam a criação e direção de “Stranger Things”, que é um verdadeiro deleite para os saudosos e apaixonados pela década em questão.

Eleven tattoo - stranger things - netflix serie - look of the day - maisondadi

look Eleven serie stranger things - maisondadi

Como já falei aqui no blog, quando me rendi e resolvi fazer tag de looks do dia, vi que poderia me adaptar a esse modismo da minha forma. Como sou cinéfila e amo séries, nada mais justo do que postar looks e peças que uso no meu dia a dia, mas com um diferencial: mostrando sempre as minhas referências e inspirações. E, como tenho uma predileção por determinadas personagens, não poderia deixar a minha mais nova favorita de fora: Eleven.

Stranger things eleven - look do dia - serie netflix - maisondadi

Como todas as produções que escolho, procuro sempre me inspirar e não copiar, seja no estilo da peça, na combinação de cores, nas referências dos elementos e afins. Como eu não tenho nenhum vestido rosa claro, achei legal inverter as cores e montar um look que eu usaria. Escolhi um vestido 60s marinho com gola peter pan e um casaquinho simples aberto rosa. Pronto! A referência retrô boyish do figurino da Eleven estava ali. E não é que adorei? Nos pés, uma meia com ares oitentista e, como nenhum all star meu sobreviveu aos duros anos de uso, apostei num originals da Adidas mesmo. Confesso que impliquei um pouco com os detalhes rosas, mas é aquilo, a moda está aí pra gente experimentar, criar combinações por mais ousadas que sejam e o mais importante, pra divertir. Então, nessas horas, ligar o botão do f*da-se é primordial.

Eleven stranger things netflix - waffles - cosplay - maisondadi

Por favor, veja a série se você não viu! Em 8 horas você vê todos os 8 episódios! To aqui me segurando pra não escrever sobre! Os waffles Eggo possuem um papel tão legal na trama… E assim como a Eleven, eu também adoro comer!

Eleven ootd - fashion editorial stranger things - maisondadi

Como tudo na vida, escolhas tem consequências, e descansar após um grande esforço é de extrema importância! Seja em uma cabana improvisada embaixo de uma mesa de um porão, comendo pudim ou conversando com o melhor grupo de crianças que já existiu. Ainda mais se um deles for o Dustin. <3

output_G4HJBI

Com uma trilha sonora saudosa, atuações incríveis e um mix de histórias que se cruzam, uma mensagem que é importante propagar: ser diferente é bom. Muito bom. Hoje em dia vejo o quanto sou realizada e feliz por escolher caminhos alternativos, por não seguir padrões e sempre tentar olhar além do que consigo alcançar no momento. Afinal, não há nada pior do que ser normal, não é mesmo?

luzes serie stranger thing netflix - look do dia - maisondadi

Seja no mundo real ou no mundo invertido, a comunicação precisa existir, mesmo que por tentativas. E apesar dos obstáculos, tenha em mente que o amor sempre vence. Não acredite em falsas afirmações e vá atrás da verdade. Amigos não mentem, em nenhuma circunstância e, por mais maluca que sua amiga seja, saiba que ela estará lá sempre que precisar.

Tentei não falar sobre a série, mas a tarefa é um tanto difícil, ainda mais se você jogou rpg na adolescência, mergulhou de cabeça nos filmes da Sessão da Tarde e gravava fitas com os melhores rocks da época…

 

Produção e fotos por mim! 🙂

Você também poderá gostar de:

@maisondadi no instagram