10 04
Looks / Moda

Look Di Páscoa

Por Diana Monteiro

Oie! Mesmo eu não conseguindo produzir os conteúdos de páscoa que havia inserido no cronograma, pelo trabalho acumulado que tive antes de entrar de férias, um look não poderia faltar. Ele é bem propício pra época, mas uso qualquer mês do ano! Pra mim é atemporal.

Como disse nesse post aqui, sou completamente apaixonada por pijamas! São confortáveis, divertidos e as melhores peças pra ficar em casa, além de dormir, claro! Tenho esse de coelho rosa desde o final de 2014, comprei online na Forever 21 e mandei entregar no hotel de uma amiga que estava viajando. Ela me mandou mensagem na hora quando abriu a encomenda pra guardar as coisas na mala, super preocupada pra confirmar se realmente o pijama fazia parte do pedido. Depois que confirmei, falou: “Tão você”! hahaha

Não sei vocês, mas usar ele numa sexta-feira de noite depois de uma semana cheia pra ver netflix na cama, é sinônimo de felicidade! Aconchegante e tão confortável… eu que amo programas caseiros, é um prato cheio!

O pijama vem com capuz, com o rosto do coelho, além de orelhas compridas cinzas, que finalizam perfeitamente o look. Sempre que tenho oportunidade uso com, principalmente quando o Rica resolve usar o ar condicionado com força. Fico protegida, quentinha e divertida! Rica volta e meia ri quando me ve andando pela casa, e às vezes se assusta, até entender que sou eu com um pijama de coelho rosa (ainda mais nomeio da madrugada)…

Feito de algodão, daquele bem molinho, o macacão vem com detalhe na frente em branco (que é barriga), com botões, o que ajuda muito na hora de ir no banheiro no meio da noite. Praticidade, a gente vê por aqui! É de manga e calça comprida, com punhos larguinhos e soltinhos no tornozelo. Nada pegando e incomodando, é perfeito!

Já vi vendendo alguns similares na Forever daqui, mas achei o preço salgado, visto que paguei U$19 na gringa. Se eu não me engano o de pinguim (mesmo material) estava R$149.

06 04
D.I.Y

D.I.Y | Ovos de Páscoa

Por Diana Monteiro

Gostar de criar e meter a mão na massa tem lá seus estresses… Falo isso pois do jeito que sou ansiosa e empolgada com projetos, sempre resolvo fazer mil coisas ao mesmo tempo. E pessoas perfeccionistas vão fundo até conseguir. Mesmo se o resultado não for lá muito o que esperava, a felicidade de terminar um d.i.y é enorme!

Jamais poderia viajar e deixar de fazer ovos festivos. Esse ano eu e Rica passaremos a Páscoa na França  (não vejo a hora de vermos as delícias e tradições da cidade luz) e mesmo com o tempo quase nulo na última semana, resolvi pintar alguns pra não quebrar com a minha tradição.

Mas como gosto de complicar, inventei de apostar em texturas e aplicações, além das clássicas que sempre faço. Como o projeto de 2017 é focar no blog, nada mais justo do que um post mostrando os ovos da vez!

Tão fácil de fazer, o segredo é deixar a criatividade rolar! Faça um furo embaixo de cada ovo e tire a clara e a gema (e guarde pra fazer uns omeletes no lanche com a família). Depois coloque água com detergente dentro por 1 horinha. Tire a água e coloque no palito pra escorrer e secar bem. Dessa vez peguei palitos maiores (de churrasco) e quebrei no meio pra colocar os ovos fincados no isopor.

Quando estiverem bem secos, é hora de pintar! Usei dois pincéis, um pra pintar o ovo de forma uniforme e um mais fino pra pincelar linhas mais delicadas.

Com todos pintados, esperei secar por 30 minutos e comecei a pensar dos detalhes e coberturas. Adesivos, pelúcia, olhinhos, estrelinhas, glitter e poás pintados! Usei tinta acrílica, que era o que tinha em casa, por isso seca rapidinho.

Vamos aos ovos:

Glitter, porque amo tudo que brilha. Simples assim!

Uma de olhinhos, pois sempre gosto de personagens com olhos estranho e também pra inserir no #AllEyesOnMeSerie, projeto que criei onde qualquer objeto ganha personalizado com olhinhos. No caso do ovo, resolvi colocar cílios, pra criar um efeito mais feminino.

Mood anos 90, cheio de adesivos em alto relevo. Ô saudade da minha adolescência…

De polka dots, pois também gosto muito de minimalismo.

E também ao contrário. Amo a clássica combinação preta e branca, é tão atemporal! Fiz as bolinhas com o cabo do próprio pincel. Molhei na tinta e depois “carimbei” no ovo.

Mais uma com inspiração noventista, com pelúcia! Não parece um coelho-pompom? hehehe

E por último, fiz um céu estrelado, pois amo demais a noite.

02 04
Looks / Moda

Coelhos e jeans para o outono

Por Diana Monteiro

Tão feliz pela minha estação favorita finalmente ter chegado! Amo outono! O tempo é fresco, na maioria das vezes com suas noites mais frias, vemos folhas caindo e aquele clima nostálgico tomando conta… Depois de um verão intenso, estava contando os dias pra poder usar mais roupas (chega de blusinhas e shortinhos rs)

O primeiro look de outono tem um mood de páscoa, não poderia deixar passar em branco, né? Aquela que força a barra pra tentar ser a mais temática possível! hahaha A camisa em questão é repleta de bolas  grandes (que ao meu ver são buracos) e dentro de alguns, coelhos!

De algodão, é super molinha e extremamente confortável. Como podem perceber na foto acima, tive um incidente uns meses atrás com o botão de cima e desde então estou usando um alfinete de fralda.  A é modelagem curta, com manga comprida, embora use na altura dos cotovelos, e larguinha nos braços, coisa difícil de se ver por aqui. Pois a maioria das camisas que acho apostam em modelagens fit, deixando as mangas bem justinhas. Peguei ela há 3 anos na Garimppo.

Acho que não tem look mais minha cara do que jeans, sapatinhos com ares ‘supostamente’ masculinos e blusas/camisas confortáveis. Por isso falo com convicção que usaria todo dia, até sujar! A calça jeans é um daqueles achados incríveis que você só acredita quando vai usar. Fui na Forever atrás de meias e no meio da loja tava rolando uma promoção com peças de 5 araras. A promo era “leva dois paga um”. E era isso mesmo! Comprei duas calças jeans pelo preço da mais cara. E como estava atrás de um jeans mais azul com ares noventistas, rasgadinho e sem stretch, não pensei duas vezes! E o melhor é que é cintura alta, sou viciada nesse tipo de modelagem!

Todo ano eu compro um bolsa preta (não importando o tamanho, independente de quantos eu tenha no armário) e uso durante todos os meses, até gastar. Não sei porque faço isso, mas é uma mania que tenho há uns 7 anos já… Vai entender, cada um com suas peculiaridades, né?

E essa é a bolsa de 2017. Do jeito que estou usando, ela pode não resistir até dezembro, vamos ver quanto ela aguenta. Gostei dela pela modelagem arredondada, que me lembra algumas de grifes e também uma das queridinhas da marca Tudo Orna, das irmã Alcântaras. Comprei na Renner, e além de caber tudo o que preciso no dia a dia (se eu não estiver em produção, claro), tenho a opção de usar ela com ou sem a alça transpassada.

Pra fechar, escolhi um dockside em tons pastel, meu xodó! O solado dele já tá bem amareladinho, mas como costumo não ligar muito pros que os outros pensam, uso assim mesmo!

Pronto, um look confortável, despojado e

 

Você também poderá gostar de:

27 03
#11AnosDiRica / Looks / Moda

Amar é… | #11AnosDiRica

Por Diana Monteiro

Hoje chegamos ao fim da série #11AnosDiRica, projeto fotográfico que homenageia os meus 11 anos de relacionamento com o Ricardo (aka Rica). Foram 11 produções e 22 looks, inspirados em personagens cinematográficos que gostamos, cenários culturais e referências vintage. O desafio foi uma delícia, pois consegui criar e montar tudo com o que tínhamos em nossos armários. A criatividade não precisa ser cara, trabalhar com o que temos é um exercício e tanto!

O projeto serviu como uma grande terapia pra nós, nos forçando a trabalhar juntos, a ver mais os nossos defeitos e qualidades, nos permitindo sair da nossa ‘normalidade’, encarnando as mais diversas personas, mesmo que por algumas horas. Amamos!

Por essas e outras, o 11o. editorial nasceu de um mix de ideias: comemoração do nosso aniversário e o quadrinho “Amar é…”. Hoje, dia 27 de março, fazemos 11 anos e como amante do universo vintage, resolvi juntar o útil ao agradável. Criado pela neo-zeolandesa Kim Casali (nome de solteira, Kim Grove), o “Amar é…” se tornou febre nos anos 70, ficando popular em todo mundo. Cresci lendo as tirinhas, sempre gostei dos personagens e das formas que o amor era mostrado por ela, que iam além dos clichês e mensagens banais que estávamos acostumados a ver.

AMAR É…
jogar coisas pro ar e ficar feliz com a (o) sua (seu) companheira (o) ao ver elas voando

AMAR É…
aturar as implicâncias dele, ainda mais quando envolvem pés e cheiros. Rsrs

AMAR É…
aceitar que ela ama fazer bolinhas de sabão e ter paciência pra ver todas indo embora

AMAR É…
ajudar ela a bater o recorde de menos tempo tomando um espumante

AMAR É…
fazer photobomb, pra deixar a foto dele muito mais divertida

AMAR É…
não deixar de planejar sonhos e ficar empolgada com possíveis momentos

AMAR É…
brincar de aviãozinho com ela / ele

AMAR É…
pular em cima dele e esmagar por um bom tempo

AMAR É…
dançar em cima da cama ao som do novo álbum do Bruno Mars

AMAR É…
fingir que tá tirando piolho só pela sensação gostosa do carinho na cabeça

AMAR É…
sentir em um simples beijo uma das maiores felicidades do mundo

20 03
#11AnosDiRica / Looks / Moda

Love 90s | #11ANOSDIRICA

Por Diana Monteiro

Já estamos na penúltima produção da série #11AnosDiRica! Passou tão rápido… apenas mais uma pra encerrarmos! Mas nada de sofrer por antecedência, não é mesmo? Vamos curtir os looks de hoje. A inspiração está super em alta atualmente e embora não goste de seguir tendências à risca, confesso que estou amando essa, pois fico muito nostálgica lembrando da minha adolescência.

Sim, estou falando da década de 1990! Tanto eu quanto o Rica temos uma grande fascinação por essa época! Afinal, vivemos ela de forma intensa e das lembranças que temos, a grande maioria é boa! Por mais que estejamos juntos há 11 anos, conversamos muito sobre nossas inspirações, o que levamos com a gente e o que ajudou a formar as pessoas que somos hoje em dia. E alguns anos da década foram mais que importantes pro nosso desenvolvimento.

História:
Já que alguns amigos iriam vir aqui em casa pra ver o MTV Music Awards, resolvemos ver quais CDs que iríamos colocar no som pra alegrar a reunião. Felizmente, por termos gostos parecidos, a maioria das escolhas partiu dos dois lados, mas precisava inserir umas músicas a mais, e as da Alanis, ao meu ver, eram perfeitas pra arrematar a listinha!

Foi aí que o pager do Rica começou a tremer e vimos uma mensagem da nossa amiga, perguntando se poderia levar mais três amigos. Como amamos receber gente em casa, servir coisinhas pra comer e fazer bagunça, concordamos na hora! Fui correndo pegar o telefone de casa pra ligar pra ela e confirmar.

Foi só eu sair por alguns minutos da sala que o Rica correu pra tocar a nossa bateria eletrônica. Ele estava tentando por dias aprender o som novo do Garbage. Aproveitei pra ir pro quarto e ouvir mais um pouco do CD das Spices, até então estava praticamente impossível escolher a música favorita do álbum.

Sempre achei que a girlband tinha algo de diferente do pop que eu ouvia na época e não entendia de fato o que poderia ser. Por sermos condicionadas a seguir padrões machistas, ainda mais sendo muito nova e sem informação gratuita e de fácil acesso, como temos hoje em dia com a internet e movimentos ao redor do mundo, ficava difícil pensar fora da caixinha. Na verdade pensar não era o problema e sim ter a coragem de seguir adiante com determinada escolha social. Atualmente vejo como as Spice Girls foram importantes na minha vida, amo até hoje. Girl Power!

O interfone tocou mas como estava muito ocupada nos meus pensamentos e viajando nas músicas, berrei pro Rica atender. Depois de alguns minutos, ouvi ele me chamando. Enrolei por alguns minutos, pela preguiça que tomava conta de mim e acabei indo…

Cheguei lá e vi que já tinha guardado a bateria e tava guardando as baquetas e ali na mesa tinha uma caixinha nova… Curiosa do jeito que sou, corri pra ver o que era, mas Rica foi mais rápido e escondeu de mim, pois ele que queria dar a boa notícia!

CONTINUE LENDO

@maisondadi no instagram