13 09
Décor

Quadro retrô | Letraria

Por Diana Monteiro

Quem lembra dos clássicos quadros pretos com letras amarelas levanta a mão! \o/  Eu sempre via em bares, padarias e lanchonetes, sempre com a promo do dia ou um prato especial… Que nostalgia!

E não é que agora podemos ter um (ou vários) em casa? Quem conhece a Letraria? Vi eles no Instagram e fiquei maluca pra ter quadrinho desse! Só que aí entrei no site e quando vi, já estava com dois quadros e letras extras! rs

É o problema de trabalhar com produção, minha cabeça já estava explodindo de ideias de d.i.y e possíveis fotos. Acabei fechando a compra e essa semana eles chegaram, não poderia estar mais satisfeita! Não são grandes ( medem 14x25cm), o que é ótimo, pois não tenho mais parede pra pendurar nada nessa casa e super práticos.

Acabei comprando o quadrinho branco com letras pretas (+ cartela de letras extras) e o quadrinho preto com letras brancas (+ cartela de letras extras). Um pra mim e um pro Ricardo, ótima desculpa, não? hahaha

Mas hoje só tô mostrando o branco pois deixarei o outro pra um projeto de fim de ano que to pensando… As letras vem presas na cartela e uma tesourinha resolve o assunto! Cortei todas e comecei a brincadeira. Sugiro comprar letras extras porque se você for como eu, vai querer montar umas mil frases, no mínimo.

Obviamente fui de ‘Maison da Di’, mesmo porque quero deixar de fundo pra alguns vídeos que vou fazer pro canal. Fácil de tirar e colocar, é leve e combina com diversos ambientes, achei simples e versátil, do jeitinho que adoro!

 

 

11 09
Moda

Bolsa de balão de cachorro

Por Diana Monteiro

Hoje o post é direcionado pros amantes de balões! Mas precisamente pra quem adora aqueles com formato de cachorro! Só quem me conhece sabe a felicidade que senti ao buscar a minha pochete dos sonhos, que até então não sabia que existia… hahaha

Mas antes de ir direto ao ponto, o porque da minha busca pelo acessório: eu poderia falar que fiquei triste quando a Kate Spade fechou suas lojas aqui no Brasil… mas estaria mentindo, pelo simples fato de não ter o poder aquisitivo pra comprar todas as bolsas fun que eu gostaria.

Fã incondicional da marca, adoro todos os produtos noveltys e, quando eles lançaram no início do ano uma coleção com tema balão, dei uma leve surtada. Infelizmente não consegui (embora lá fora seja bem mais barato), pois as peças que eu mais queria esgotaram muito rápido! Foi aí que comecei a procurar outras marcas que produzissem os acessórios em questão, de balões… Achei algumas bolsas de marcas pequenas no etsy e fiquei impressionada com o quantidade de opções… Mas como aqui no Brasil o correio não funciona da maneira que deveria (quando importamos), desisti!

A verdade é que adoro o trabalho do Jeff Koons e por mais que tenha comprado um kit de saleiro e pimenteiro inspirado em suas obras em Paris, ainda queria algo que eu pudesse usar mais no dia a dia.

Até que a Garimppo resolveu lançar uma pochete em parceria com a Porch!! Sério, vi no stories da marca e tratei de confirmar com a equipe de estilo quando seria lançada. Uma hora depois que chegou em uma das lojas, larguei tudo o que estava fazendo e fui correndo pegar a minha! Pelas fotos nem preciso dizer o quanto amei, não é mesmo?

Ela é rosa, mas em tom pastel (detesto pink), de vinil, super macia e fofinha quando ‘apertada’ e do tamanho ideal pra eu levar o que preciso! Cabe carteira, celular, chave, o batom do dia e meus óculos. Gostei muito do cinto e da fivela serem brancos, assim não pesa na combinação das cores. É regulável e ótima pras chuvas surpresas!

04 09
Arte / Décor / Viagem

Fundação Claude Monet | #DiERicaEmParis

Por Diana Monteiro

Antes tarde do que nunca, não é mesmo? Até que enfim consegui subir o post do Monet aqui no blog… Se você ainda não viu o quarto vlog da viagem #DiERicaEmParis, é só dar play no vídeo abaixo:

Como podem ter percebido, eu AMEI esse dia, que foi surreal! A casa do Monet não era nada como eu imaginava e cada vez que eu entrava em um cômodo eu sentia uma nostalgia sem igual. Ver e imaginar como era a vida do artista que tanto admiro estava além dos meus planos, e poder realizar isso foi demais.

O percurso é relativamente rápido (não passa de uma hora e meia), as estradas são ótimas e se quiser, pode ligar o áudio-guia pra saber algumas curiosidades sobre o que levou Monet ter aquela casa, assim como várias infos sobre os locais que passamos no caminho. A casa fica em Giverny, um vilarejo no sul da Normandia e a apenas 75 km de Paris.

Por termos contratado os serviços da Paris City Vision, tivemos o privilégio de entrar por outra entrada e não encaramos fila. O que foi ótimo, visto a quantidade de pessoas que estava visitando os jardins naquele dia. Entramos e demos de cara com o primeiro, que fica na frente da casa.

O ambiente é perfeito pra quem ama jardinagem e natureza, é uma explosão de cores com flashes das suas telas. Juro que não estou sendo exagerada na descrição, mas estar lá é realmente algo de outro mundo… é como contemplar, ao vivo, os quadros do mestre do impressionismo.

São diversas espécies de flores e os jardins são constantemente cuidados por jardineiros. Fomos em abril, mas segundo nos disseram, agora em setembro é a melhor época pra se visitar. Pois é quando as plantas e flores estão altas, bem similares aos quadros que Monet pintara.

No meio do jardim há uma passagem que leva diretamente pra porta principal da casa. E gente, que casa!

Com dois andares, a casa rosa tem um ‘quê’ Wes Anderson, com aquela nostalgia que tanto amo e vemos nos filmes do diretor. O mais legal é que é tudo real. É permitido visitar todos os cômodos e, como viram acima no vídeo, fiquei de boca aberta na maioria deles.

CONTINUE LENDO

16 08
Moda / Reflexão

BDay | 34 invernos

Por Diana Monteiro

Oh, yeah! Ontem fiz 34 invernos e não poderia estar mais feliz comigo. Livre de qualquer cobrança e peso, posso dizer que a transição pra nova idade foi simples, leve e maravilhosa! Por isso, resolvi dividir com vocês 34 fatos que vivi e absorvi no último ano, e que carrego comigo atualmente!

1 – aprender a gostar do dia do seu nascimento, independente dos acontecimentos passados desse dia
2 – fazer o bolo do sabor que você quiser, mesmo se as pessoas detestarem a sua escolha
3 – ver que não tem problema algum você não estar vivendo algo que imaginava viver nessa idade
4 – comprar uma roupa pra usar no dia do aniversário. É bem interessante ver como seus gostos podem ou não mudar ao longo dos anos
5 – não ter medo de falar o que pensa
6 – não ter medo em tentar migrar para uma nova profissão
7 – sorrir de orelha a orelha ao receber ligações e mensagens de felicitações dos seus amigos de infância, mesmo estando morando longe e não se vendo há um bom tempo…
8 – é normal amar ganhar presentes, não importando se é um cartão com uma mensagem clichê e fofa ou uma uma tv
9 – que rir é uma das coisas mais gostosas do mundo, não importando se os outros acham suas piadas/assuntos bobos, não-cultos ou normais

10 – abdicar de muita coisa pra conseguir realizar sonhos 
11 – se surpreender com nós mesmos. Quando você acha que não vai conseguir superar algo, por mais impossível que pareça ser, você não desiste e gasta toda a sua energia lutando contra um pensamento pessimista. E por mais que demore meses, e às vezes anos, você começa a ver e acreditar na força que tem
12 – se interessar pela vida dos outros, sempre perguntar como estão. Nunca sabemos o que o outro está vivendo ou passando, se importar é essencial
13 – acreditar no meu trabalho foi fundamental pro meu processo de cura. Não desistir foi necessário pra chegar no momento onde estou hoje
14 – de dez amigos, apenas três realmente se importam com você quando perde alguém pro outro plano. É curioso ver como a maioria não sabe lidar com a morte
15 – não aceitar sarcasmos e ironias de pessoas que tentam te diminuir pra se sentirem menos inseguros. Sempre rebaterei tudo que achar necessário
16 – ficar feliz pelos outros, quando as pessoas viajam ou resolvem se mudar pro Canadá
17 – fazer fotos divertidas e as vezes nonsenses, apenas pra se expressar
18 – é possível conhecer alguém virtualmente e ela se tornar uma das suas melhores amigas, além de melhor parceira profissional
19 – cuidar da alimentação pra ter saúde
20 – aproveitar ao máximo as pessoas que amamos, pois elas podem ir embora no minuto seguinte


21 – ter uma vida saudável mas nunca negar aquele doce que tanto ama! Aproveitar os prazeres da vida também nos dão energia
22 – se vestir diferente do que é tendência só nos torna mais especiais e únicos
23 – falar eu ‘te amo’ pro seu parceiro/parceira todo dia, nas mais diversas e curiosas horas
24 –
 não potencializar discussões e problemas pequenos… Não valem a pena
25 – amar balões cada vez mais
26 – entender e aceitar que algumas pessoas não fazem mais parte do seu universo, por mais que tenham sido presentes por muitos anos. E que tá tudo bem não querer elas no seu dia a dia
27 – gostar de ficar sozinha. Esses momentos são ótimos pra gente se conhecer melhor


28 – se aceitar e chutar a timidez de vídeo/foto pro lado
29 – amar dançar Bruno Mars e Beyoncé sem medo de ser feliz (mesmo que demore algumas semanas pra pegar e entender a coreografia completa no youtube)
30 – olhar pro Rica na França e sentir a felicidade em sua máxima potência
31 – aceitar trabalhos que me desafiem pois sem eles não evoluo
32 – se tratar bem e não cobrar atitudes a respostas que não possui no momento
33 – sorrir ao perceber que o momento mais feliz do seu ano foi quando andou em um carrossel manual de ferro de 1877, com o seu amor te olhando e se divertindo tanto quanto você
34 – ficar feliz todo dia ao acordar, principalmente no dia seguinte que completou 34 anos. A nova fase se inicia e com ela, uma nova vida

 

Tive a ideia das três ‘Di’ por amar o trabalho da fotógrafa Jamie Beck, que faz autorretratos com montagens incríveis. Mas pra primeira vez fazendo esse estilo, resolvi chamar a Erika Pozzan pra me ajudar no processo! Os cliques ficaram ótimos, só sofri um pouco pra editar, mas acho que pra primeira vez ficou ótimo! Gostei tanto do resultado que já anotei ideias de fotos pra fazer até o final do ano! Em breve, mais aqui no blog…

31 07
Moda

Review | Lenscope

Por Diana Monteiro

Se tem algo que eu adoro fazer, são reviews de serviços e produtos. Por isso, cá estou com a minha mais nova aquisição: minhas novas lentes!

Desde pequena quis usar óculos e hoje não vivo sem eles. Quem disse que desejos não podem se tornar realidade, não é mesmo? Mas vamos ao que interessa! Recentemente resolvi testar um serviço bem diferente do que estou acostumada. Amo fazer compras online, mas até então não tinha comprado lentes sem ser em óticas físicas.

Sabe aquele sorriso de orelha a orelha que você vê surgindo no seu rosto? Pois bem, foi assim que aconteceu quando recebi em casa meus óculos com as lentes novas. Estou falando da Lenscope, que tem como proposta apresentar uma nova forma de fazer lentes para óculos, com aquela comodidade que gostamos, além de valores acessíveis e serviço rápido.

Eu mesma fiquei na dúvida na hora de fazer o pedido pelo site, mas depois de passar por todo o processo, provavelmente não farei mais de outra forma! Depois de fazer a visita anual do meu oftalmo, vi que precisava atualizar minhas lentes e como já estava desde 2015 com a mesma armação, resolvi trocar. Afinal, mudanças são ótimas, nos renovamos e evoluímos! Foi aí que a busca começou, fiquei em dúvida em vários modelos e acabou que escolhi uma antiga minha, que na verdade eram óculos escuros e que usava muito nas minhas produções.

Foi aí que tive o grande receio: será que eles fazem lentes pra qualquer armação? Entrei no site e rapidamente fui respondida. O processo é o mais didático possível, além de fácil e objetivo -> selecionei minha faixa de grau, criei ali na hora minha conta, anexei a receita do oftalmo e pedi pro Rica tirar uma foto minha com a armação que eu queria as lentes. Isso porque eles precisam medir a DNP (distância naso-pupilar). Não precisa arregalar os olhos, é muito mais simples do que parece e no próprio site você vê como deve tirar a foto, eles explicam em vídeo.

Eles simplificaram todo o processo dividindo todas as opções que existem em apenas 2 opções: lentes para baixo grau e lentes para alto grau. Todas as opções já contam com antirreflexo, antirrisco e proteção UV. Mais mastigado que isso, impossível, né?

Se você mora em São Paulo ou Campinas, a própria Lenscope faz a coleta dos seus óculos e ainda entrega, por bicicleta e sem custo. No meu caso, que moro no Rio, enviei por correio. Assim que chegou lá, me informaram por email o recebimento e começaram a montagem das lentes na minha armação. Recebi uma semana e pouco depois. Amei!

Mas caso você não goste, a Lenscope dá até 100 dias para a pessoa provar as lentes e ver se adaptou. Caso não, eles devolvem o dinheiro das lentes.O que é ótimo, ainda mais se tratando de lentes novas. Eles também contam com opções de lentes fotossensíveis (aquelas que escurecem no sol) e também com lentes escuras com grau para óculos de sol em diferentes cores. Tá tudo lá no site. E aqui você encontra várias dicas pra você ter o óculos perfeito!

Gostou e quer fazer a suas novas lentes na Lenscope? Então sorria pois tenho um cupom pra você, no valor de R$30. \o/

@maisondadi no instagram